Agroecologia em Rede lança plataforma de consulta com informações sobre agroecologia no Brasil

Novo sistema torna a navegação mais fácil, dinâmica e completa, ampliando ainda mais a construção coletiva do conhecimento agroecológico



O Agroecologia em Rede (AeR) agora conta com um novo sistema de consulta aprimorado da base de dados do AeR, mais fácil, dinâmico e completo. A plataforma se apresenta com novas funcionalidades que tornam possível navegar pelos cadastros a partir de três formas diferentes: a) por meio do mapa interativo; b) da listagem completa dos cadastros e; c) dos panoramas, esquemas gráficos que possibilitam um olhar amplo e completo da potência da agroecologia no Brasil.


Além disso, o novo sistema de consulta possibilita a pesquisa por meio de diversos filtros, permitindo a visualização das experiências por critérios de busca como a identidade dos sujeitos envolvidos, a abrangência territorial, a data em que a experiência foi cadastrada na plataforma e os temas relacionados à agroecologia, entre outros.


O novo sistema de consulta é fruto de um processo de reestruturação da plataforma, iniciado em 2018 por meio de uma Cooperação Técnica com a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), e aperfeiçoa a navegação por cadastros que vêm sendo realizados desde os anos 2000 na plataforma.


Ecologia de Saberes a serviço do movimento agroecológico



Mais de 3 mil experiências em agroecologia no Brasil e em outros países da América Latina estão sistematizadas e cadastradas na plataforma “Agroecologia em Rede”, uma ferramenta virtual de Ecologia de Saberes a serviço da construção do movimento agroecológico. Na plataforma, estruturada a partir de tecnologias da informação em software livre, estão registradas experiências de agricultoras e de agricultores, seus relatos de vida, as memórias de projetos e organizações, políticas públicas, entre outras informações sobre os movimentos pulsantes da agroecologia em diferentes territórios e temporalidades.


Ao longo de 20 anos de existência, o Agroecologia em Rede (AeR) foi construído por muitas mãos, em diferentes tempos históricos e lógicas diversas de mapeamento e sistematização. Por isso, a reestruturação organizacional e metodológica iniciada em 2018, culmina hoje em uma grande potência para o movimento agroecológico, firmemente enraizado na atuação da Articulação Nacional de Agroecologia (ANA) e da Associação Brasileira de Agroecologia (ABA).


É sob essa perspectiva que o AeR hoje é considerado uma plataforma referência de desenvolvimento de tecnologias da informação e metodologias para produção e partilha de conhecimentos coerentes com os fundamentos que fazem da agroecologia um movimento portador de ideias e ideais contra-hegemônicos.


Como o curso das águas, o Agroecologia em Rede vem constantemente renovando seus caminhos. Ora um mar com ondas agitadas a cada momento por novos ciclos de marés, ora a calmaria de fim de tarde em sua contemplação, a plataforma se amplia e se renova continuamente com os dados e informações aportados por novos modos de navegação. Venha conosco tecer suas histórias e ajudar a colorir as histórias coletivas das muitas mentes e corações que fazem agroecologia por esse mundo afora!


Para conhecer o novo site do Agroecologia em Rede (AeR), CLIQUE AQUI!

Agricultura familiar Agroecologia Biodiversidade Comunicação agroecológica comunicação popular


Arte: Bibi Cancian


Textos e Fotos: Equipe AeR


124 visualizações0 comentário