PROMOÇÃO DA SAÚDE

De acordo com definição da Organização Mundial de Saúde (OMS), os “determinantes sociais da saúde” estão relacionados às condições em que uma pessoa vive e trabalha. Também podem ser considerados os fatores sociais, econômicos, culturais, étnicos/raciais, psicológicos e comportamentais que influenciam a ocorrência de problemas de saúde e fatores de risco à população, tais como moradia, alimentação, escolaridade, renda e emprego.

Daí a importância do setor da saúde se somar aos demais setores da sociedade no combate às iniquidades. Todas as políticas que assegurem a redução das desigualdades sociais e que proporcionem melhores condições de mobilidade, trabalho e lazer são importantes para a promoção da saúde, além da própria conscientização do indivíduo sobre sua participação pessoal no processo de produção da saúde e do bem viver.

Neste contexto, a Fiocruz e o FCT, por meio do OTSS, desenvolvem e implementam o conceito de “Territórios Sustentáveis e Saudáveis (TSS)” por meio de ações integradas em agroecologia, saneamento ecológico, justiça socioambiental, turismo de base comunitária, educação diferenciada, cartografia social, saneamento ecológico, comunicação e monitoramento da Agenda 2030.