• Comunicação OTSS

Rede Nhandereko irá compor material sobre TBC junto com experiências de diversas regiões do Brasil

Comunidades tradicionais do FCT que estão entorno da APA Cairuçu recebem consultora do ICMBio e o TBC do FCT será tema de cartilha nacional

Os roteiros e o turismo de base comunitária de seis comunidades na região da APA Cairuçu em Paraty foram visitadas e percorridas por lideranças e por Ana Gabriela analista do PNUD do ICMBio com o intuito de conhecer as experiências que estarão junto com outras 13 regiões do Brasil em que há o protagonismo do turismo comunitário no território.


“Apresentamos os roteiros e falamos do trabalho que vem sido desenvolvido pela Rede Nhandereko, da nossa história na luta pela garantia do TBC nas comunidades tradicionais”, conta Vaguinho Martins de São Gonçalo, liderança caiçara que atua na gestão coletiva da rede. Segundo ele, a visita teve início em São Gonçalo, local em que os visitantes costumam embarcar para as ilhas como a ilha do Pelado, e aproveitar a gastronomia local no restaurante da Bete.


Ainda no mesmo dia, passaram por uma roda de conversa com o mestre caiçara Almir Tã na ilha do Araújo. “O roteiro conduzido por Almir é encantador, culinária, contação de história, um artesão nato e sempre envolvido nas questões de defesa do caiçara, uma figura especial em nosso território”, completa Vaguinho. 


No dia seguinte houve uma visita cultural em Trindade, conduzida pela Associação de barqueiros da Trindade (Abat) na praia do Meio. Durante a tarde, a partilha ocorreu na praia do Sono, com representantes da associação de moradores e associação de barqueiros. No último dia, a visita ocorreu na Terra Indígena Itaxim em Paraty Mirim e no Quilombo do Campinho da Independência, e em todos esses lugares lideranças locais que atuam na Rede Nhandereko estiveram presentes.


A visita faz parte de um projeto em que a Rede Nhandereko foi contemplada com outras iniciativas de turismo de base comunitária no Brasil que acontecem dentro de unidades de conservação. As experiências da região são reconhecidas como referências nacionais na área quando se trata de gestão comunitária, protagonismo feminino, liderança, processos participativos e estarão presentes em um material nacional do ICMBio na área do TBC.


Texto: Comunicação Popular FCT - Vanessa Cancian

Fotos: Eduardo Napoli

Editoração Eletrônica: Comunicação Popular FCT - Vanessa Cancian

OTSS
Fiocruz OTSS
Fórum de Comumidades Tradicionais

OTSS Bocaina © 2018

55 24 998772176 - Rua Araponga - nº 502, (antigo: Rua Colibri - nº 16), Gleba 01, Lt 16-A, Caborê - Paraty - Rj - Brasil - Cep: 23970-000