• Comunicação OTSS

Seminários temáticos, plenárias e intervenções culturais marcam o terceiro dia do Encontro



Durante a manhã do dia 23 de novembro, 3º dia de Encontro de Diálogos e Convergências “Saúde e Agroecologia”, 6 seminários temáticos que ocorreram ao mesmo tempo fizeram a programação. As/os participantes se dividiram em grupos de acordo com os temas de interesse e puderam apreciar discussões estratégicas para aprofundar as ações integradas entre saúde e agroecologia.


Essa proposta de atividade foi construída por meio de um mapeamento preparatório junto as iniciativas da Fiocruz em Agroecologia, fortalecidas por meio das conexões com as redes da Associação Brasileira de Agroecologia (ABA-Agroecologia) e pela Articulação Nacional de Agroecologia (ANA). Os eixos temáticos dos 6 seminários foram: água e saneamento, plantas medicinais, alimentação saudável, educação e formação, agricultura urbana e comunicação.


Cada seminário contemplou 3 diferentes experiências de diversas regiões do Brasil. Na parte da tarde, houve a apresentação de estratégias e conceitos de cada um dos eixos temáticos e em seguida uma plenária de encerramento com considerações sobre o dia e o encontro. A cultural do terceiro dia será feita pelo grupo Realidade Negra – Rap Quilombola, composto por músicos do quilombo do Campinho.


Após três dias de encontros, as partilhas de saberes, historias, resistências e olhares sobre a saúde nos mais diversos lugares do Brasil continua de forma intensa. “Nós ouvimos do povo guarani que saúde tem a ver com liberdade de estar no espaço e poder usar seu tempo convivendo com a natureza. Isso que eles nos transmitiram é o que estamos falando academicamente nas discussões do conceito de saúde”, pontua Paulo Petersen do Núcleo executivo da ANA. “O que nós estamos falando e fazendo aqui é um agroecologia popular, não elitizada”, complementa.



Confira abaixo as experiências presentes nos seminários

O seminário de Água e Saneamento trouxe para os presentes os projetos: Saneamento Ecológico da comunidade caiçara do Sono (OTSS/FCT/Fiocruz), Plantadores de Água no Espírito Santo e a Articulação do Semiárido Brasileiro (ASA-Brasil).


Para quem optou pelo seminário de Plantas Medicinais, puderam conhecer: o Núcleo de Gestão em Biodiversidade e Saúde da Farmanguinhos (Fiocruz) junto com a Rede Fitovida e a experiência do projeto em agrofloresta, plantas medicinais e saúde popular (Farmanguinhos e MTS-Sul da BA); Arranjo Produtivo Local de Plantas Medicinais Flor do Pequi-(Fiocruz-MS) e a Articulação Pacari do Cerrado.


Alimentação Saudável teve como experiências norteadoras o Instituto Terra Pia, o Observatório Brasileiro de Hábitos Alimentares (OBHA) e as experiências com a Política Nacional de Alimentação Escolar (PNAE).


Educação e Formação: Cooperação Técnico-Político-Pedagógica da EPSJV com o MST, Curso de Especialização em Educação Popular e Promoção de Territórios Saudáveis na Convivência com o Semiárido (Fiocruz-CE), GT de Educação da ABA-Agroecologia junto com o NEA da UnB.


Agricultura Urbana: Feira Agroecológica de Josué de Castro: Saberes e Sabores; AMAU-MG – Região Metropolitana de Belo Horizonte e a Prefeitura de BH; Territórios Sustentáveis e Saudáveis da Agroecologia na RMBH, enfrentamento dos agrotóxicos e fortalecimento do SPG.


Comunicação: Projeto Curta Agroecologia (Fiocruz); Núcleo Gwatá (audiovisual) e Cooperativa Eita.



Amanhã o encontro continua com o barracão agroecológico e muita partilha de experiência.


#SaúdeAgroecologia #DiálogosEConvergências


Texto: Vanessa Cancian Fotos: Eduardo Napoli Editoração Eletrônica: Eduardo Napoli


OTSS
Fiocruz OTSS
Fórum de Comumidades Tradicionais

OTSS Bocaina © 2018

55 24 998772176 - Rua Araponga - nº 502, (antigo: Rua Colibri - nº 16), Gleba 01, Lt 16-A, Caborê - Paraty - Rj - Brasil - Cep: 23970-000